Engole teu coração

"O nosso amor virou poesia e eu virei o poeta da tua beleza. Reinventei-me para concretizar o nós. Eu faleci para ser só a gente. Eu sou você, sou a gente. Eu sou a perfeição de um poema de amor. " online

Você não podia ter desistido tão fácil. Era pra você ter lutado. Era pra você ter sido mais forte. Era para o nosso amor ter sido mais forte. Dizem por aí que o amor tudo vence. Mentira. Mentira pura. O amor é só uma palavra de quatro letras que dá certo pra alguns. Pra mim ele nunca deu, olha só que novidade, pra mim as coisas nunca deram certo.

Clarissa Corrêa.

Ou tudo acaba,
ou a gente,
finalmente começa.

Eu me chamo Antônio.

Memórias cruas

Inspiro.
Expiro.
Penso. Falo.
Me perco sozinha no meu abismo particular.
Tão peculiar.
Tão pensante, gritante, atordoante.
Grito, giro.
Costas nuas.
Memórias cruas.
Ecos gelados.
Risos abafados.
Me afundo perdida no oceano que é a minha mente.
Memórias.
Tão pálidas.
Desformes.
Cruas.
Crio, invento.
Uma ponte.
Tão perto.
Tão longe.

Valéria Mares, le musée

cuspi o veneno no teu colo como se tivesse me sentido ameaçado, mas sendo a serpente, que mal devo temer? Tô chorando pra caralho, velho, sentindo falta daquele cigarro podre ardendo nos meus dentes já tão brancos pelo mal uso; quero uma morte lenta. No controle, sempre tive  tudo ao meu redor, meus amigos sempre milimetricamente escolhidos nos dedos, meus relacionamentos dariam belos contos de fadas se não fosse eu o personagem principal - tô te destruindo, vou te destruir - a armadura tem repelido todos os ataques, a ajuda psíquica não chega, a consciência se faz presente quando menos preciso dela; tô surtando pouco a pouco e vou acabar te levando caos abaixo.

tudo perdeu o sentido

Não pense que sou pessimista. Muito pelo contrário, sou toda vestida de otimismo. Mas eu tenho medo, muito medo. Medo de não conseguir, de não chegar lá, de não ter sucesso, de não conseguir as coisas que quero, de deixar tudo pela metade, de ficar perdida no meio do caminho sem luz, sem água, sem vida.

Clarissa Corrêa.

E você vem me ganhando, menino. Sempre me devorando com teus olhos negros. Sempre me colocando nos teus versos, tuas narrativas. Sempre insinuando teu desejo, teu amor. Vive ancorando teu barco no oceano do meu coração, acalmando minhas ondas, catando minhas conchas, mergulhando cada vez mais fundo em mim.

O nome dele é João, Valéria Mares

Quero algo quente

pode ser uma bebida
ou você.

bc.

Fazer do mundo
Um eterno carrossel
Com cheiro de flores
Cheio de cores
Trazendo amores
Com brilho no olhar.

— Borboletográfico

Passei muito tempo vagando em mim. Preciso abrir minhas janelas.

Clarice Lispector.

Olhe no espelho, ali está a pessoa que vai te ajudar a seguir em frente e enfrentar o que vem por ai, você não precisa de ninguém pra ser forte.

Meu nome é saudade.

Não se mata sede com mágoa
Nem se mata fome com dor
Não só de lágrimas vive o homem
Mas não há quem viva só de amor.

Parece besteira, mas você me dando um ‘bom dia’ acredite, ele se torna.

Neto Monteiro. 

1 2 3 4 5 Próxima